Menu

Como escolher telhas de aço? Comparativo entre Telha Sanduíche, Telhas Simples e Telhas Térmicas.





Olá, tudo bem?

Aqui quem fala é o Eng. Felipe Jacob e hoje vou ensinar como escolher a telha ideal para cobrir sua construção.

Quando se fala em telhas de aço, Existe uma infinidade de produtos no mercado e cada uma com custos e benefícios diferentes, então preparei esse artigo mostrando os prós e contras de cada tipo de telha, suas características, e para quais obras são recomendadas. espero que depois de ler esse artigo você fique mais seguro na hora de escolher a telha para sua obra. Boa Leitura!

Telhas de aço de folha simples

telha de aço galvanizado

Telha de aço galvanizado

São telhas metálicas, de chapas finas, leves em perfis do tipo trapezoidal ou onduladas. Muito utilizadas para cobrir galpões e grandes estruturas onde a cobertura tenha que ser leve.

Geralmente variam de espessuras entre 0,43mm a 0,90mm (podem ser mais espessas, mas sob encomenda).

Podem ser comprados em cor natural (metálico reflexivo, em alguns casos um pouco mais opaco, dependendo do fabricante e da matéria prima usada) ou já pintadas eletrostaticamente, nas cores que o cliente escolher (deve especificar o código RAL ou Munsell para obter a tonalidade adequada – clique aqui para ver a tabela de códigos RAL)

Telhas de aço pintadas

Telhas de aço pintadas

São fabricadas com galvanização por imersão que confere resistência à corrosão atmosférica, ou na forma de Aluzinc ou Galvalume, que possui resistência à corrosão duas vezes maior (por um preço bem próximo à galvanizada)

Prós: É a opção mais barata possível. Proporcionam uma estrutura extremamente leve pois, dependendo da espessura da telha podem tolerar distâncias entre apoios de até 3 metros, o que significa menos terças metálicas na cobertura. Dessa forma você economiza na telha e na estrutura ao mesmo tempo. Uma estrutura de cobertura para telhas metálicas  simples, deve pesar entre 7 kg / m² e 10 kg/m² no máximo (para vãos até 25m, acima disso deve ser estudado caso a caso).

Contras: Não apresentam praticamente nenhum isolamento térmico e acústico, por isso não recomendo a utilização de telhas simples de aço em qualquer edificação com pé direito inferior a 5 metros. Sempre que possível instalar essas telhas em coberturas com saídas de ar (lanternins ou venezianas). Em dias de chuva é possível ouvir a vibração das telhas, e em dias de chuva de granizo o som dessas telhas chega

Galpão com telhas de aço galvanizado

Galpão com telhas de aço simples e lanternim

a ser insuportável. Especial atenção quando instalar essa telha em condomínios (prédios) como cobertura de garagem: Se não forem pintadas na face superior, o reflexo do sol batendo na superfície galvanizada é um incômodo para os moradores de andares próximos à cobertura.

Recomendado para galpões industriais (que não trabalhem com produtos químicos que emitam gases corrosivos, como fundição de alumínio por exemplo) e comerciais, com pé direito superior a 5 metros, de preferência acompanhado de  lanternins, venezianas ou exaustores industriais.

Não recomendado para residências, galpões comerciais onde o conforto térmico é essencial. Também em caso de coberturas de garagem, deve-se pintar uma das faces para evitar reflexo do sol.

Cuidados: O principal cuidado que se deve tomar com relação a esse tipo de telha é com a espessura. Em geral, para telhas simples em coberturas recomendo a utilização da espessura 0,50mm (bitola 26) devido a capacidade de carga e vão livre econômico. A bitola 0,43mm pode ser utilizada em fechamentos laterais, e eventualmente em coberturas que não necessitem manutenção constante e com distância máxima entre apoios de 1,5 m.

Deve-se atentar também para a inclinação. Recomenda-se uma inclinação de 10%, e no mínimo 5% para telhas de aço sem emendas. qualquer inclinação menor que essa corre grande risco de retorno de água.

A fixação também deve ser feita com atenção, e da maneira correta. para a fixação desse tipo de cobertura utiliza-se parafusos autoperfurantes com arruela embutida e vedação de borracha vulcanizada. Deverão ser fixados com parafusos de fixação e parafusos de costura, e a diferença entre eles está no tamanho e na lâmina de abertura do furo.

Parafusos Autoperfurantes

Parafusos Autoperfurantes

Para evitar vazamentos é preciso seguir o esquema abaixo.

Observe que a costura é feita a cada 500mm para evitar reentrâncias de água pelas frestas do telhado.

Fixação correta das telhas de aço

Fixação correta das telhas de aço

Deve-se aplicar também uma fita de vedação adequada onde for executada a costura.

Telhas de aço com isolamento termoacústico ou “telhas sanduíche)

telha sanduíche

telha sanduíche

As telhas de aço com isolamento acústico, ou telhas “sanduíche” como são popularmente conhecidas são compostas por duas folhas de telhas simples separadas por uma camada de material isolante, que pode ser isopor, poliuretano ou outro material com características termo-acústico-isolantes.

Com essa configuração, eliminam-se boa parte dos problemas que se apresentavam no uso de telhas de aço simples, como o conforto térmico e acústico, porém o peso sobre a estrutura agora é maior.

Apesar de ter um peso próprio maior que o dobro de uma telha simples, esse peso não influencia tanto no dimensionamento da cobertura pois representa em torno de 23% do peso que a estrutura deve suportar. dessa forma, aumentar o peso da telha não tem um impacto muito grande no peso da estrutura metálica.

O isolamento termoacústico em geral é feito com Poliestireno expandido (EPS, popularmente chamado de Isopor), Lã de Rocha, Lã de Vidro e Poliuretano, porém o resultado prático desses materiais é praticamente idêntico: Se no ambiente externo estiver fazendo 40° C, no ambiente interno a temperatura estará em torno de 24°, em todos esses materiais. Ou seja, qualquer que seja o material isolante, consegue-se reduzir a temperatura em aproximadamente 16°C (para espessura de 30mm de isolante térmico).

Prós: Continuam mantendo a estrutura leve, e agora a edificação possui um isolamento térmico e acústico aceitável. Não apresentam mais problemas de ruídos quando está chovendo mesmo que forte e a distância entre apoios pode ser aumentada para até 4 metros (dependendo da espessura das telhas).

Contras: Se não forem pintadas na face superior, podem causar os mesmos problemas de reflexo solar das telhas simples.

Recomendado para galpões industriais (que não trabalhem com produtos químicos que emitam gases corrosivos, como fundição de alumínio por exemplo) e comerciais em geral. podem ser usados em residências, desde que seja analisada a condutividade térmica de forma adequada, para garantir o conforto da edificação.

Não recomendado para: Galpões onde existam processos que emitam gases corrosivos, como é o caso de fundição de Alumínio.

Cuidados: As espessuras podem ser reduzidas para 0,43mm nas duas folhas da telha. Atenção para a fixação que deve seguir o diagrama abaixo:

Fixação correta das telhas termoacústicas

Fixação correta das telhas termoacústicas

As recomendações de inclinação são as mesmas das telhas simples, recomenda-se 10% de inclinação. Nunca instalar com menos de 5% de inclinação sob o risco de vazamentos difíceis de serem resolvidos.

Para informações mais detalhadas sobre telhas metálicas, clique aqui e baixe o manual de telhas de aço criado pela ABCEM – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA CONSTRUÇÃO METÁLICA

Telhas Térmicas (Termohouse).

Telha Térmica

Telha Térmica

As telhas térmicas coloniais apresentam as mesmas características das telhas sanduíche, só que mais bonitas e parecidas com as tradicionais telhas cerâmicas residenciais.

Normalmente vêm com núcleo de Poliuretano e possuem peso próprio entre 14 kg/m² e 17 kg/m², menos da metade das telhas cerâmicas tradicionais.

É essencial que sejam pintadas eletrostaticamente nas duas faces, pois por terem um excelente apelo estético, não faz sentido que não tenham um acabamento bonito.

A face inferior pode ser reta, se você desejar criar um efeito de forro.

Casa em telha térmica

Casa em telha térmica

Essas telhas possuem um efeito estético fantástico, e economizam na estrutura do telhado, exigindo muito menos das fundações, e da estrutura da casa como um todo

Prós: São muito bonitas, e muito mais leves do que as telhas cerâmicas comuns. Não acumulam água nem fungos na cobertura. A montagem de uma cobertura nesse tipo de telha é feita em 25% do tempo que seria necessário para montar uma cobertura de telhas cerâmicas, pois exige menos apoios e as telhas vêm em folhas sob medida.

Contras: São 50% mais caras que as telhas sanduíche e o metro quadrado instalado pode custar entre 2X e 3X o valor de um telhado cerâmico comum com estrutura de madeira.

Recomendado para Residências e galpões comerciais, que necessitem apelo estético e rapidez na montagem e leveza na estrutura.

Não recomendado para: Galpões muito grandes, pois o custo do metro quadrado desse material é elevado.

Cuidados: A instalação de telhas Térmicas exige que sejam usados os insumos adequados. Existem os perfis de arremate e acabamento que devem ser instalados para evitar entrada de água e vazamentos. veja abaixo os insumos corretos a serem instalados:

Insumos de telhas térmicas

Insumos de telhas térmicas



É isso, espero que após a leitura desse artigo você já esteja mais seguro para tomar a decisão sobre qual tipo de telha escolher para sua construção.

caso ainda tenha dúvidas, pode me mandar um email: contato@jacobprojetos.com.br ou mande WhatsApp para (12) 98212 3908

Um grande abraço e boa obra!

Eng. Felipe Jacob