Nova Estrutura Metálica de Chernobyl projetada para vida útil de 1 século.





Em 26 de abril de 1986 o maior desastre nuclear da história foi causado por uma explosão do reator 4 em Chernobyl (Ucrânia).

Com a finalidade de conter a onda radioativa , uma estrutura conhecida como Sarcófago, “Obyekt Ukrytiye” – “abrigo” ou “refúgio” foi construído a 300 metros do reator utilizando mais de 400.000m³ de concreto,





Com uma estrutura metálica de 7,300 toneladas (pesando mais que a torre Eiffel) com uma estrutura de aço arqueada de 92.5 metros (o suficiente para caber a Estátua da Liberdade ) área interna de 245 metros, Fundações com mais de 20.000m³ de concreto (foram necessárias 3200 cargas de caminhão).

Por qual razão o antigo abrigo desabou?

Segundo Alexei Yablokov, presidente do Centro de Políticas Ambientais Russa, a antiga estrutura de metal e concreto degradou-se e já apresentava vazamentos de resíduos radiativos, sofrendo o risco de colapso iminente caso reparos não fossem realizados. Yablokov alertou: “Se colapsar, não haverá explosão, pois não se trata de uma bomba, mas um coluna de poeira carregada de partículas irradiadas  será lançada 1.5 quilômetros no ar e se propagará pelo vento.”

Área afetada pela radiação em 1996.

Estima-se que apenas de 3 a 15%  deste combustível nuclear escapou na explosão, significando que a maior parte permanece presa. Dr Yablokov, membro da Academia de Ciência Russa, disse que  reações nucleares estavam de fato, ocorrendo – espontaneamente – no interior do sarcófago, na medida em que chuva e neve caíam sob o combustível não-utilizado através das rachaduras do casco já decadente. Especialistas relataram terem visto as características luminescentes de reações em cadeia no interior da enorme construção, eles acrescentaram: “Quem seria capaz de prever as consequëncias de centenas de milhares de toneladas de concreto despejadas às pressas 19 anos atrás desmoronando sob um reator nuclear destruído?” Afirmações como essas corroboram com os oficiais responsáveis por descomissionar a planta.

Quanto será gasto na obra de renovação ?

 

O New Safe Confinement (NSC) foi projetado pelo consórcio francês Novarka, em parceria 50/50 com a Vinci Construction Grands Projets e Bouyegues Travaux Publics, cuja finalidade é cobrir a antiga estrutura degradada. Com previsão para  concluir  em 2018, o Banco Europeu para Reconstrução e Desenvolvimento (EBRD) almeja cobrir um déficit de financiamento de cerca de €100 milhões, sendo que o custo total projeto de nova implantação do abrigo é de €2.15 bilhões (US$2.3 bilhões). o Projeto todo se baseia nas seguintes etapas:

  1. Converter a destruída Unidade 4 da ChNPP (Chernobyl Nuclear Power Plant em um sistema ambiental seguro (i.e. conter os materiais radiativos no local prevenindo adicional contaminação ambiental)
  2. Reduzir corrosão e resistir as condições  climáticas/atmosféricas do abrigo já existente e do prédio onde o reator 4 se localiza
  3. Mitigar as consequencias de um colapso em potencial tanto do abrigo anterior quanto do prédio onde reside o reator 4, particularmente em relação a poeira radioativa consequente de tal colapso
  4. Permitir a demolição segura de prédios instáveis (e;g o teto do abrigo anterior)  provendo equipamento de operação remota para as demolições.
  5. Qualificar como um dispositivo de sepultamento nuclear.
New Safe Confinement





Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *